fbpx

Como melhorar a velocidade e qualidade do Servidor cPanel WHM ?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram

É possível ter um servidor cPanel otimizado e com qualidade ?

Será se seu servidor de hospedagem cPanel tem realmente qualidade e máxima disponibilidade? Já imaginou o que aconteceria com seus projetos e clientes caso ocorra algum desastre que envolva perca total do servidor?

Pois bem, nesse artigo iremos falar um pouco sobre qualidade e disponibilidade de servidores de hospedagem com o painel cPanel WHM.

Como melhorar a velocidade do meu servidor cPanel WHM ?

Essa é uma pergunta muito comum, principalmente após passarem alguns meses e você sentir que mesmo aumentando os recursos do servidor ainda assim os projetos não performam como você deseja.

Em alguns casos o pessoal migra o cPanel para a Amazon AWS, acabam tendo um ganho de performance e qualidade, mas também surgem outros problemas como: envio de e-mails, acesso ssh e ftp problemáticos, e faturas altas.

Existem algumas soluções e ferramentas que você pode começar a utilizar, realmente terá que fazer investimentos em algumas delas, mas seu projeto vai agradecer.

Otimizações e Tuning

Para os que acham que instalar o cPanel é só rodar o comando abaixo, estão enganados.

 cd /home && curl -o latest -L https://securedownloads.cpanel.net/latest && sh latest

O WHM tem inúmeras ferramentas, realmente é algo que nem todo mundo decora ou precisa trabalhar todos os dias. Mas muitas dessas ferramentas são úteis para podermos otimizar nosso servidor cPanel.

Todo e qualquer servidor cPanel deve ser otimizado levando em consideração o tipo de máquina e os projetos hospedados. As otimizações costumam cobrir os tópicos abaixo:

  • Otimização do PHP
  • Otimização do Apache/Nginx
  • Otimização do MySQL
  • Tuning do Sistema Operacional

Se você trabalhar com o cPanel no modo default, terá problemas. A otimização é algo personalizado, cada projeto terá um tipo de otimização que irá se ajustar ao seu propósito. E isso deve ser feito por um Especialista cPanel que entenda bem do tipo de projeto que ele está trabalhando.

Após realizar as otimizações de imediato perceberá as melhorias na qualidade e performance dos projetos. Principalmente na execução do código, mas tudo dentro dos limites de recursos do servidor.

DNS Only

O que mais existe são servidores com o painel cPanel sem redundância de DNS. O pessoal costuma colocar vários IP’s dentro do servidor e configurar os nameservers com IP’s diferentes e com isso tem um DNS funcional.

Mas e se por algum motivo o DNS cair? Ai já era!

Todo projeto profissional deve ter redundância de DNS, empresas sérias costumam colocar mais do que 4 servidores de DNS Only para o cPanel. Se seu projeto é pequeno, coloque pelo menos 1 servidor a mais, isso pode te salvar.

O cPanel oferece a possibilidade de usarmos servidores externos para DNS, e a ferramenta de instalação é gratuita, você não precisa pagar nenhuma licença de uso.

Em projetos pequenos, um servidor com pouco mais de 1GB de RAM e 1 CPU já é suficiente para entrar no seu Cluster de DNS.

Mais info em: https://docs.cpanel.net/installation-guide/cpanel-dnsonly-installation/

SMTP Relay

Para ser sincero, enviar e-mails do próprio servidor atualmente é um saco! Você vai ter clientes que ou vai ser invadido, ou ele mesmo vai realizar alguma campanha de marketing e pode manchar a reputação dos IP’s do seu servidor.

E costuma ser muito trabalhoso ficar monitorando e-mails, verificar reputação, trocar IP’s e todo aquele processo ruim que vai consumir seu tempo e dinheiro.

Quando o pior ocorrer, todos os seus clientes vão reclamar de que os envios estão sendo rejeitados ou todos estão indo para a caixa de spam. Ai seu inferno na terra começa.

Felizmente hoje existe serviços de SMTP Relay, e mentalize isso, vai te trazer paz! O Relay a grosso modo, é quem vai enviar os e-mails. Ou seja, todos os e-mails que saírem do seu servidor, passam pelo Relay e o Relay é quem realmente envia.

E a melhor parte é que você não precisa mais ficar se preocupando com reputação de IP, e e-mails na caixa de spam. Mas claro, sempre de olho em usuários que foram invadidos ou estão promovendo spam. Pois não significa que seus clientes poderão realizar isso.

As empresas costumam cobrar por envios, e existem várias empresas com compatibilidade com o cPanel.

  • SendGrid
  • Mailgun
  • Elasticmail

Algumas cobram até $100 dólar dependendo do quanto você precisa de envios mensal. E cobra alguns centavos de dólar pelo excedente mensal. É caro? Não!

Atualmente não gerencio servidores de e-mail, caso fosse cobrar, cobraria a hora técnica de R$150,00 por cada hora consumida no gerenciamento.

Backups

Você só faz backups local no próprio servidor? Você é louco!

Já vi de perto empresas perderem tudo, quando me acionaram já era tarde. Pois o servidor tinha sido comprometido, e como os backups estavam no próprio server, tudo foi comprometido.

Existem inúmeras formas de trabalhar com backups, o backup local é o mínimo, mas todo projeto sério e que sobrevida dos serviços que ali estão hospedados, deve ter planos de backups.

Você pode trabalhar com várias formas de backups adicionais como:

  • Diretório Local
  • Amazon S3
  • Backblaze B2
  • Servidor FTP
  • Google Drive
  • Rsync
  • S3 Compatible
  • Servidor SFTP
  • WebDAV

Todas essas ferramentas são nativas do WHM, que podem ser utilizadas. Caso precise de um nível maior de personalização dos backups como: backups só de e-mails, backups só de X pastas de clientes, terá que contratar ferramentas como:

  • JetBackup
  • Cpremote

Não dá para negar que isso trará uma segurança e qualidade enorme para seus clientes. Caso algo ocorra, terá backups em outro local seguros e salvos.

Discos SSD ou NVMe

Um grande fator de gargalo e lentidão na maioria das vezes está relacionado ao disco que o servidor possui. Muitas empresas comercializam servidores com discos HD SATA, que é um tipo de disco muito antigo, as taxas de leitura e escrita são bem ruins.

Imagine clientes com projetos hospedados, sisteminhas que usam muito banco de dados, ou que tem um fluxo grande em entrada e saída de objetos(imagens, pdf,etc), com um disco antigo tudo fica lento! Nem otimização resolve.

Discos SSD tem uma velocidade incrível, e discos NVMe tem velocidades muito mais incrível. É algo realmente surpreendente a forma que os projetos conseguem trabalhar sem que o disco fique engasgado.

No entanto, são discos que elevam o preço do servidor. Algumas empresas realizam o serviço de troca do disco, outras não. Depende bastante do provedor que você está utilizando.

Servidores de Cache

Redis Cache

Cachear objetos em memória usando a ferramenta Redis pode trazer muitos benefícios para seus clientes. Principalmente se usarem aplicações/CMS comuns como: WordPress, Magento, OpenCart etc.

Quando um projeto tem compatibilidade para se conectar a um servidor Redis, ele ganha muita performance e o servidor agradece. Muitas consultas do banco ficam salvos em memória, ou seja, o banco não precisa ficar sendo consultado a todo momento. Isso economiza CPU mas tende a aumentar um pouco a memória RAM.

Varnish ou Nginx como Proxy

Já para cacheamento de página o varnish e o Nginx podem ser muito úteis. Irá economizar muitos recursos do servidor, pois cachear páginas significa que o servidor não precisa ser consultado sempre que alguém acessar um determinado site.

A implementação do Varnish é mais complexa, no entanto tem uma eficiência de cache extraordinária. Já o Nginx atualmente o cPanel liberou a opção de instalação no EasyApache.

Também existe uma opção muito legal para usar o Nginx que é através do Engintrom, mas precisa ser ajustado.

Segurança

Não adianta termos performance e estabilidade se não temos segurança! Existem tecnologias de excelente qualidade para nos ajudar na segurança em momentos críticos, principalmente quando algum cliente for vítima de invasão.

CloudLinux

Já viu algum caso onde um servidor inteiro foi comprometido por conta de algum malware ou invasão por conta de plugins e templates desatualizados/piratas? Um cliente casou um dano onde todos pagaram!

O CloudLinux vem para acabar com isso, a sua melhor característica na minha opinião está no fato de que ele “enjaula” cada conta cPanel em um espaço único. Se um invasor ganhar acesso a conta, ele não consegue danificar e atingir outros clientes do servidor.

O CloudLinux também tem ferramentas incríveis para controlarmos o quanto de recursos de memória e processamento uma conta cPanel pode ter, isso é bem útil para performance.

Mais info: https://www.cloudlinux.com/

Imunify 360 ou AV+

O Imunify é a ferramenta que fará toda a proteção a nível de escaneamento de objetos e também como um IDS, protegendo os clientes contra ataques de invasão.

Com ele podemos remover malwares das contas cPanel, inclusive saber quem foi invadido e tomar as devidas providências. Afinal, normalmente quando uma conta é invadida e está repleta de malwares, uma remoção manual é praticamente inviável de você mesmo fazer.

Mais info: https://www.imunify360.com/

WebServer

Nginx

Creio que todos já ouviram falar ou até mesmo já experimentaram o Nginx em algum momento. Mas se não sabe, o Nginx é um dos webservers de mais performance que existem no mercado. Seus resultados são surpreendentes e o nginx é utilizado em projetos de todo porte.

Quando instalamos um servidor cPanel, o Apache é o webserver configurado no ambiente. Ele também é um bom webserver, mas em termos de performance e principalmente projetos de alto tráfego, já costumamos não utiliza-lo mais.

É possível configurar o Nginx em um servidor cPanel seja manualmente ( mais trabalhoso ), seja através de plugins como o Engintrom e CPNGINX.

De todo modo, seu projeto terá outra qualidade quando implementar esse recurso.

LiteSpeed

Se o Nginx é um ótimo WebServer imagine o LiteSpeed rs. O LiteSpeed atualmente é um webserver com as melhores métricas e resultados em termos de performance e estabilidade. Com ele seus clientes terão uma melhora significativa no carregamento de páginas, principalmente sites em WordPress e Lojas Magento.

É normal notarmos a diminuição do consumo de memória quando usamos o LiteSpeed, diferente do apache por exemplo.

A cada 10 consultorias que realizo ao menos 7 clientes já estão usando o LiteSpeed em seus servidores. O preço da licença se torna fútil quando você percebe o quanto de melhorias e qualidade seu projeto passou a ter.

Mais info: https://www.litespeedtech.com/

Conclusão

Ter um servidor cPanel otimizado com máxima qualidade e disponibilidade é algo que deve ter todo um planejamento estratégico para que seja implementado. Você terá que investir em soluções, no entanto, os ganhos que você irá ter, compensará todo o valor investido.

Projetos sérios, que tem responsabilidade com o cliente e inclusive serviços críticos, não devem deixar seus servidores jogados a sorte, pois uma hora a conta chega!

Você estará preparado para reverter o pior ?

Links Úteis :

De uma nota para esse artigo.
[Total: 8 Total: 5]
Principais Categorias

Consultoria e Parcerias

Consultoria, gerenciamento e mentoria para serviços de Infraestrutura, DevOps e Hosting.

Entre em contato

1 comentário em “Como melhorar a velocidade e qualidade do Servidor cPanel WHM ?”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Alex Junio 2021 - Todos os Direitos Reservados // CNPJ: 35.915.227/0001-41

Alex Junio